Unesp 2018: questões de geografia da primeira fase

Questões de geografia do Vestibular de verão da Unesp 2018 da primeira fase.

Questões

1. (Unesp 2018)  A participação norte-americana na Guerra do Vietnã, entre 1961 e 1973, pode ser interpretada como

a) uma ação relacionada à defesa da liberdade, num contexto de expansão do anarquismo nos continentes asiático e africano.

b) um recuo na política de boa vizinhança que caracterizou a ação diplomática e comercial dos estados unidos após a segunda guerra.

c) a busca de recursos naturais e fontes de energia que ampliariam a capacidade de produção de armamentos nos estados unidos.

d) o esforço de contenção da influência soviética sobre a china, o japão e os países do sul e sudeste asiático.

e) um movimento dentro da lógica da Guerra Fria, voltado ao fortalecimento da posição geoestratégica dos Estados Unidos.

2. (Unesp 2018) Em meados da década de 1970, as condições externas que haviam sustentado o sucesso econômico do regime militar sofreram alterações profundas.

(Tania Regina de Luca. Indústria e trabalho na história do Brasil, 2001.)

As condições externas que embasaram o sucesso econômico do regime militar e as alterações que sofreram em meados da década de 1970 podem ser exemplificadas, respectivamente

a) pelos investimentos oriundos dos países do Leste europeu e pelo aumento gradual dos preços em dólar das mercadorias importadas.   

b) pela ampla disponibilidade de capitais para empréstimos a juros baixos e pelo aumento súbito do custo de importação do petróleo.   

c) pelos esforços norte-americanos de ampliar sua intervenção econômica na América Latina e pela redução acelerada da dívida externa brasileira.   

d) pela ampliação da capacidade industrial dos demais países latino-americanos e pelo crescimento das taxas internacionais de juros.   

e) pela exportação de tecnologia brasileira de informática e pela recessão econômica enfrentada pelas principais potências do Ocidente.   

3 (Unesp 2018)  Em 03.04.2017, o jornal El País publicou matéria que pode ser assim resumida:

Os países __________ não têm poder político sobre os demais Estados Partes, mas possuem ferramentas para tentar reconduzir a situação de um membro, caso esse se afaste dos princípios do Tratado de Assunção, assinado em 1991. Nessa perspectiva, insere-se a aplicação da cláusula democrática do bloco sobre a __________, em função da crise política, institucional, social, de abastecimento e econômica que atravessa o país.

As lacunas do excerto devem ser preenchidas por

a) do Nafta – Argentina.   

b) do Mercosul – Bolívia.   

c) da ALADI – Venezuela.   

d) da ALADI – Bolívia.   

e) do Mercosul – Venezuela.   

4. (Unesp 2018)  Examine a tira Armandinho, do cartunista Alexandre Beck.

A situação enfrentada pelo personagem faz alusão

a) ao uso indiscriminado de agrotóxicos no processo tradicional de produção agrícola.   

b) ao precário monitoramento de resíduos de agrotóxicos em alimentos nos EUA e na União Europeia.   

c) ao protecionismo dos países centrais em relação aos produtos cultivados nos países periféricos.   

d) aos limites técnicos da agricultura familiar na produção de alimentos in natura.   

e) ao descumprimento das normas de cultivo orgânico propostas pela Revolução Verde.   

5. (Unesp 2018)  Esse produto percorreu ampla região, desde o Morro da Tijuca, no Rio de Janeiro, no primeiro quartel do século XIX, até o norte do Paraná, onde praticamente cessou sua marcha na década de 1970. Nesse período, seu percurso deixou marcas significativas na paisagem: vasta rede urbana e densa malha ferroviária, solos empobrecidos pela erosão, florestas dizimadas e extensivas pastagens, quase sempre de baixa produtividade.

(Jurandyr L. S. Ross. Ecogeografia do Brasil, 2009. Adaptado.)

O excerto refere-se à produção do espaço brasileiro relacionada ao ciclo econômico

a) da borracha.   

b) da cana-de-açúcar.   

c) do café.   

d) do ouro.    

e) do algodão.   

 TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES:

Leia a letra da canção “Chão”, de Lenine e Lula Queiroga, para responder à(s) questão(ões) a seguir.

Chão chega perto do céu,

Quando você levanta a cabeça e tira o chapéu.

Chão cabe na minha mão,

O pequeno latifúndio do seu coração.

Chão quando quer descer,

Faz uma ladeira.

Chão quando quer crescer,

Vira cordilheira.

Chão segue debaixo do mar,

O assoalho do planeta e do terceiro andar.

Chão onde a vista alcançar,

Todo e qualquer caminho pra percorrer e chegar.

Chão quando quer sumir,

Se esconde num buraco.

Chão se quer sacudir,

Vira um terremoto.

O chão quando foge dos pés,

Tudo perde a gravidade,

Então ficaremos só nós,

A um palmo do chão da cidade.

(www.lenine.com.br. Adaptado.)

6. (Unesp 2018)  A quarta estrofe da canção faz alusão ao processo tectônico denominado

a) assoreamento.   

b) orogênese.   

c) diagênese.   

d) ablação.   

e) lixiviação.   

7. (Unesp 2018)  O termo “terremoto”, presente na oitava estrofe da canção, é definido como

a) liberação de energia na crosta produzida pelo atrito entre placas tectônicas identificadas em margens continentais passivas.    

b) efusão de material magmático na crosta ejetado de conduto cilíndrico identificado em faixas de estabilidade tectônica.   

c) acumulação de tensões na crosta derivadas do desgaste mecânico de rochas sob a ação de forças exógenas.   

d) propagação de ondas mecânicas na crosta derivadas da ruptura de rochas submetidas a esforços tectônicos.   

e) geração de vibrações sísmicas na crosta produzidas pelo mergulho de placa continental sob a placa oceânica ao longo do plano de subducção.    

8. Unesp 2018)  O cerrado brasileiro é conhecido como o “berço das águas” da América do Sul, pois abastece as grandes bacias hidrográficas e reservatórios de água doce do continente.

Considerando o conhecimento sobre as águas subterrâneas, a área destacada na figura corresponde ao Sistema Aquífero

a) Urucuia, associado às rochas sedimentares do Escudo das Guianas.   

b) Guarani, constituído por rochas metamorfizadas do Escudo Atlântico.   

c) Guarani, formado por rochas permeáveis da Bacia Sedimentar do Paraná.   

d) Urucuia, formado por rochas basálticas do Cráton do São Francisco.    

e) Cabeças, constituído por rochas ígneas da Bacia Sedimentar do Parnaíba.   ­

9. (Unesp 2018)  Leia o fragmento do romance O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, de Ranson Riggs, e analise o mapa.

Apesar dos avisos e até das ameaças do conselho, no verão de 1908 meus irmãos e centenas de outros membros dessa facção renegada, todos traidores, viajaram para a tundra siberiana para levar a cabo seu experimento odioso. Escolheram uma velha fenda sem nome, que estava havia séculos sem uso.

(O orfanato da srta. Peregrine para crianças peculiares, 2015. Adaptado.)

O bioma mencionado no fragmento está representado no mapa pelo número

a) 1.    

b) 4.   

c) 2.   

d) 5.   

e) 3.   

10. (Unesp 2018) 

A figura ilustra a alteração na distribuição das __________ como resultado de três décadas de desmatamento em certo setor da Floresta Amazônica. O “deslocamento” desse tipo de precipitação é um efeito das variações horizontais da rugosidade da superfície, que promovem a concentração da pluviosidade nas bordas das áreas desmatadas. Essa mudança na circulação atmosférica pode ter como consequência __________ na região.

(Jaya Khanna et al. “Regional dry-season climate changes due to three decades of Amazonian deforestation”. Nature Climate Change, março de 2017. Adaptado.)

As lacunas do texto devem ser preenchidas por

a) chuvas convectivas – a manutenção dos serviços ecológicos.   

b) chuvas frontais – a diminuição da evapotranspiração.   

c) chuvas convectivas – a redução da produtividade agrícola.   

d) chuvas orográficas – o empobrecimento do solo.   

e) chuvas frontais – o aumento na frequência de incêndios.   

11. (Unesp 2018)  Texto 1

A água sai de Cabrobó

Parnamirim, Salgueiro

Até Jati

Deixe o rio desaguar doutor

Pra acabar

Com o sofrimento daqui

O São Francisco

Com sua transposição

No meu Nordeste

O progresso vai chegar

[…]

Na contramão

O meu sertão não vai ficar

(Aracílio Araújo. “Deixe o rio desaguar”. http://www.letras.mus.br.)

Texto 2

Os vazanteiros, que fazem horticultura no leito dos rios que perdem fluxo durante o ano, serão os primeiros a serem totalmente prejudicados. Mas os técnicos insensíveis dirão com enfado: “a cultura de vazante já era”, postergando a realocação dos heróis que abastecem as feiras dos sertões. A eles se deve conceder a prioridade em relação aos espaços irrigáveis a serem implantados com a transposição. De imediato, porém, serão os proprietários 1absenteístas da beira alta e colinas sertanejas que terão água disponível para o gado, o que agregará ainda mais valor às suas terras.

(Aziz N. Ab’Sáber. “A quem serve a transposição das águas do São Francisco?”. CartaCapital, 22.03.2011. Adaptado.)

1 absenteísmo: sistema de exploração da terra em que o proprietário confia sua administração a intermediários, empreiteiros, rendeiros ou feitores.

As perspectivas expressas nos textos 1 e 2 podem ser associadas, respectivamente, aos seguintes impactos ambientais provenientes da transposição das águas do Rio São Francisco:

a) dinamização da economia regional e especulação imobiliária em áreas agricultáveis.    

b) aumento da demanda por serviços de saúde e valorização de sítios arqueológicos.    

c) diminuição da recarga dos aquíferos e decréscimo da emigração da região.   

d) desmobilização da mão de obra e degradação de terras potencialmente férteis.   

e) redução da oferta hídrica e aumento do potencial energético na hidrelétrica de Xingó.    

12. (Unesp 2018)  Chancelado na cidade de mesmo nome no Canadá em 1987, o Protocolo de Montreal completa 30 anos em 2017. Esse tratado é considerado um dos mais bem sucedidos da história, prescrevendo obrigações aos 197 países signatários em conformidade com o princípio das responsabilidades comuns, porém diferenciadas à luz das diversas circunstâncias nacionais.

(https://nacoesunidas.org. Adaptado.)

O protocolo evidenciado no excerto estabelece metas para

a) eliminação das substâncias prejudiciais à camada de ozônio, a qual funciona como um filtro ao redor do planeta, que protege os seres vivos dos raios ultravioleta.    

b) contenção dos fatores que contribuem para o processo de desertificação, o qual é derivado do manejo inadequado dos recursos naturais nos espaços subtropicais úmidos.   

c) proteção no campo da transferência, da manipulação e do uso seguros dos organismos vivos modificados, resultantes da biotecnologia moderna.   

d) redução das emissões de gases de efeito estufa mediante o incentivo de atividades do 2o setor que promovam a degradação florestal.   

e) erradicação do conhecimento das comunidades locais e populações indígenas sobre a utilização sustentável da diversidade biológica.   

13. (Unesp 2018)  No encerramento da temporada regular 2015-2016 da liga americana de basquete, o ídolo do Los Angeles Lakers, Kobe Bryant, despediu-se das quadras numa partida diante do Utah Jazz. O jogo foi realizado na Califórnia, que fica no fuso horário  oeste, no dia 13.04.2016 às 19h30 (horário local).

(http://sportv.globo.com. Adaptado.)

Ciente de que os EUA utilizavam o horário de verão, a última atuação do atleta foi transmitida ao vivo às

a) 22h30 do dia 13.04.2016 para o estado do Acre.    

b) 21h30 do dia 13.04.2016 para a capital do Amazonas.    

c) 00h30 do dia 14.04.2016 para o Distrito Federal.   

d) 23h30 do dia 13.04.2016 para a cidade de São Paulo.    

e) 01h30 do dia 14.04.2016 para o arquipélago Fernando de Noronha.    

14. (Unesp 2018)  Hajime Narukawa, arquiteto japonês, desenvolveu uma projeção cartográfica mediante a modelagem de poliedros. Denominada de Authagraph, a sua proposta permite a representação da superfície terrestre em um plano retangular sem lacunas, mantendo de modo substancial a área e a forma de todos os oceanos e continentes, incluindo a Antártida, que foi negligenciada em muitos mapas.

(www.authagraph.com. Adaptado.)

Considerando conhecimentos sobre cartografia, assinale a alternativa que apresenta o planisfério elaborado com base na projeção descrita no excerto.

a)    

b)    

c)    

d)    

e)    

Gabarito

1) alternativa E

2) alternativa B

3) alternativa E

4) alternativa A

5) alternativa C

6) alternativa B

7) alternativa D

8) alternativa C

9) alternativa E

10) alternativa C

11) alternativa A

12) alternativa A

13) alternativa D

14) alternativa B

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s