6. Complementação do muro na fronteira entre EUA e México

Em 25 de janeiro, Donald Trump assina o polêmico decreto para complementação do muro no México. O aumento do muro na fronteira com o México é a principal promessa de campanha presidencial e é polêmica por gerar inimizade e discriminação com o país latino, que é um dos principais parceiros econômicos do EUA pelo NAFTA.

Como será a complementação do muro?

O muro na fronteira entre EUA e México será complementado num trecho de 3.200 km e terá 15 metros de altura (além de 4m de profundidade). Um levantamento para o jornal Washington Post calcula que o custo total sairia em US$ 25 bilhões (fonte).

mapa méxico fronteira muro.png

construção do muro no méxico.png

Qual o motivo do aumento do muro com o México?

Segundo Trump, o argumento polêmico para o aumento do muro é que o México traz pobreza, tráfico de drogas e contribui para as travessias ilegais e dos indocumentados (imigrantes ilegais) para o EUA.

Trump chegou a afirmar que:

“Quando o México manda seu povo aos Estados Unidos, eles mandam pessoas que têm um monte de problemas e trazem estes problemas para nós. Eles trazem as drogas, trazem o crime, são estupradores. E alguns deles, eu confesso, são boas pessoas. Eu iria construir um muro. E ninguém mais entraria ilegalmente. Eu faria o México pagar por isso.” (fonte)

Qual o impacto do aumento do muro com o México ?

É possível que o muro altere as relações com o México e propriamente com o NAFTA (área de livre-comércio entre EUA, Canadá e México). Trump já anunciou na sua campanha presidencial em reformular o NAFTA e até considerou a saída do país no acordo caso não haja benefícios para o EUA.

Outro ponto complicado, é que enquanto foi assinado o decreto, o mundo vive uma crise migracional e de refugiados onde países vem resistindo contra a aceitação de novos imigrantes, o que agrega mais críticas ao governo Trump.

O papa Francisco, durante um encontro com o presidente norte-americano Donald Trump (08/02/17), chegou a criticar indiretamente Trump para que a sociedade construa pontes e não muros (fonte).

Além da consequência socioeconômica, a construção do muro provocará impacto ambiental.

“A construção do muro também poderia afetar a vida animal na região. A fronteira é um ecossistema delicado pelo qual transitam animais e pássaros migrando do norte para o sul da América. Algumas espécies precisam cruzar a fronteira para se acasalar, entre elas, espécies ameaçadas de ursos e jaguares. E animais também são suscetíveis a qualquer fronteira artificial, tanto muros como estradas, ferrovias e todo tipo de infraestrutura construída pelo homem. “A infraestrutura de fronteira não apenas bloqueia o movimento da vida selvagem, como destrói ou fragmenta habitats e a conexão que os animais usam para se movimentar de um lugar para outro”, explicou à BBC Sergio Avila-Villegas, do Museu do Deserto de Sonora, em Tucson, no Arizona. A construção também traria um aumento na atividade humana na região e a presença de máquinas pesadas, trabalhadores e lixo, causando impacto no ecossistema” (Fonte).

Texto base – textos sobre Doutrina Trump e consequência geopolítica

  1. Quem é Donald Trump e as eleições norte-americana;
  2. Doutrina Trump
  3. Protecionismo econômico: retorno da indústria ao EUA
  4. Protecionismo econômico: saída do TPP
  5. Controle migracional e crise de refugiados
  6. Complementação do muro na fronteira entre EUA e México
  7. Saída do EUA no Acordo de Paris
  8. Discriminação e racismo

6 comentários em “6. Complementação do muro na fronteira entre EUA e México”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s