Como calcular os Fusos horários?

Esse é o nosso segundo texto e para saber mais sobre os fundamentos básicos do fuso horário, leia o nosso texto Fuso Horário.

Para descobrir o fuso horário de outa cidade ou o tempo de viagem de uma cidade A para cidade B, devemos usar o raciocínio matemático, isso é, não existe uma fórmula. Porém, existe quatro passos para fazer o cálculo de fuso horário.

Quatro passos para o cálculo de fuso horário

1ºpasso: calcular a distância entre as cidades.

É comum ter cidades no enunciado de uma questão de hemisférios diferentes (oeste ou leste) ou de hemisférios iguais (leste-leste ou oeste-oeste).

A) No cálculo da distância entre as longitudes em hemisférios diferentes, realizamos uma adição. Ex.: Entre S. Paulo (45°O) e Moscou (45°L), temos 90°, pois entre as duas localidades temos a longitude 0° (GMT); assim 45°O + 45°L = 90°.

B) Já as distâncias no mesmo hemisfério devemos subtrair. Ex.: De S. Paulo (45°O) a N. York (75°O), temos 30°, pois ambas as localidades estão a oeste de GMT; assim 75°O – 45°O = 30°.

2º passo: calcular a quantidade de fusos

Sabendo as distâncias entre as localidades, devemos calcular a quantidade de fusos entre elas, fazendo a divisão por 15°, ou seja, um fuso horário, que corresponde à distância percorrida pela aparente passagem do Sol em 1 hora.

3º passo: identificar o sentido do deslocamento

Após o cálculo dos fusos, precisamos conhecer o sentido do deslocamento entre as localidades.

Se o deslocamento ocorrer no sentido horário, o mesmo do movimento aparente do Sol, de leste para oeste, devemos atrasar a hora, enquanto no sentido anti-horário, correspondente ao movimento de rotação da Terra, de oeste para leste devemos somar a hora.

4º passo:  fatores complementares

Dependendo da questão de vestibular pode ser cobrado diferentes situações que denominamos de fatores complementares como:

  • uma ligação de uma pessoa para outra em cidade de fusos diferente;
  • de assistir algum jogo ao vivo de uma cidade para outra;
  • e até o mais comum que é a viagem de avião de uma cidade para outra em fusos horários diferentes.

Não se esqueça que esses fatores complementares devem ser somados no cálculo final. No caso da viagem de avião é preciso levar em conta a hora local de chegada da cidade e somar com a duração do voo.

Vamos verificar se realmente aprendeu o conteúdo.

Exercícios

1) Em São Paulo, a 45°O de GMT, são 10 horas. Determine as horas de:

a) Londres (0°) 

b) Nova York (75ºO) 

c) Tóquio (135°L)

2) Um avião sai de Tóquio, 135° L, às 9 horas do dia 20 com destino a São Paulo, 45° O. A viagem tem a duração de 23 horas. Qual horário e dia o avião chegará a São Paulo?

3 (UNESP 2018) No encerramento da temporada regular 2015-2016 da liga americana de basquete, o ídolo do Los Angeles Lakers, Kobe Bryant, despediu-se das quadras numa partida diante do Utah Jazz. O jogo foi realizado na Califórnia, que fica no fuso horário 120º oeste, no dia 13.04.2016 às 19h30 (horário local).

Ciente de que os EUA utilizavam o horário de verão, a última atuação do atleta foi transmitida ao vivo no Brasil, às:

a) 22h30 do dia 13.04.2016 para o estado do Acre.

b) 23h30 do dia 13.04.2016 para a cidade de São Paulo.

c) 21h30 do dia 13.04.2016 para a capital do Amazonas.

d) 00h30 do dia 14.04.2016 para o Distrito Federal.

e) 01h30 do dia 14.04.2016 para o arquipélago Fernando de Noronha.

Resolução

2)

2 comentários em “Como calcular os Fusos horários?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s