questões de geografia na unesp 2020 (primeira fase)

Veja as questões de geografia (e relacionadas) na prova da primeira fase da Unesp 2020.

Questões interdisciplinares

Questão 1. (UNESP 2020) Leia o soneto “VII”, de Cláudio Manuel da Costa, para responder.

Onde estou? Este sítio desconheço:

Quem fez tão diferente aquele prado?

Tudo outra natureza tem tomado,

E em contemplá-lo, tímido, esmoreço.

Uma fonte aqui houve; eu não me esqueço

De estar a ela um dia reclinado;

Ali em vale um monte está mudado:

Quanto pode dos anos o progresso!

Árvores aqui vi tão florescentes,

Que faziam perpétua a primavera:

Nem troncos vejo agora decadentes.

Eu me engano: a região esta não era;

Mas que venho a estranhar, se estão presentes

Meus males, com que tudo degenera!

(Cláudio Manuel da Costa. Obras, 2002.)

Considerando o contexto histórico-geográfico de produção do soneto, as transformações na paisagem assinaladas pelo eu lírico relacionam-se à seguinte atividade econômica:

A) indústria.

B) extrativismo vegetal.

C) agricultura.

D) extrativismo mineral.

E) pecuária

Questão 2 (UNESP 2020) Examine os gráficos

As dinâmicas climáticas representadas nos gráficos 1 e 2 correspondem, respectivamente, aos espaços retratados em

A) Capitães da Areia, de Jorge Amado, e O cortiço, de Aluísio Azevedo.

B) Vidas secas, de Graciliano Ramos, e Capitães da Areia, de Jorge Amado.

C) Vidas secas, de Graciliano Ramos, e Grande sertão:  veredas, de Guimarães Rosa.

D) Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de  Assis, e O cortiço, de Aluísio Azevedo.

E) Memórias póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, e Vidas secas, de Graciliano Ramos.

Questão 3 (UNESP 2020) Examine o cartum de Pia Guerra, publicado no Instagram da revista The New Yorker em 13.11.2018.

“I had that dream again where the small hairy creatures were selling my body for three dollars a gallon.” A mercadoria a que o cartum faz alusão está diretamente relacionada ao seguinte problema ambiental:

A) desertificação.

B) extinção de espécies.

C) desmatamento.

D) assoreamento.

E) aquecimento global.

Leia o texto e analise os dois mapas para responder às questões 4, 5 e 6

Located between the Amazon, Atlantic Forests and Pantanal, the Cerrado is the largest savanna region in South America. The Cerrado is one of the most threatened and overexploited regions in Brazil, second only to the Atlantic Forests in vegetation loss and deforestation. Unsustainable agricultural activities, particularly soy production and cattle ranching, as well as burning of vegetation for charcoal, continue to pose a major threat to the Cerrado’s biodiversity. Despite its environmental importance, it is one of the least protected regions in Brazil. Facts & Figures

•  Covering 2 million km2, or 21% of the country’s territory, the Cerrado is the second largest vegetation type in Brazil.

•  The area is equivalent to the size of England, France, Germany, Italy and Spain combined.

•  More than 1,600 species of mammals, birds and reptiles have been identified in the Cerrado.

•  Annual rainfall is around 800 to 1600 mm.

•  The capital of Brazil, Brasilia, is located in the heart of the Cerrado.

•  Only 20% of the Cerrado’s original vegetation remains intact; less than 3% of the area is currently guarded by law. (http://wwf.panda.org. Adaptado.)

Questão 4 (UNESP 2020) The excerpt from the second paragraph “Despite its environmental importance, it is one of the least protected regions in Brazil” is reflected in the following item from Facts & Figures:

A) “Only 20% of the Cerrado’s original vegetation remains intact; less than 3% of the area is currently guarded by law.”

B) “The capital of Brazil, Brasilia, is located in the heart of the Cerrado.”

C) “More than 1,600 species of mammals, birds and reptiles have been identified in the Cerrado.”

D) “Annual rainfall is around 800 to 1600 mm.”

E) “Covering 2 million km2, or 21% of the country’s territory, the Cerrado is the second largest vegetation type in Brazil.”

Questão 5 (UNESP 2020)

The first item from Facts & Figures states that the Cerrado is the second largest vegetation type in Brazil. Which is the first largest vegetation type depicted in Map 1?

A) Chaco.

B) Atlantic forest.

C) Caatinga.

D) Subtropical grassland.

E) Rain forest

Questão 6 (UNESP 2020)

By comparing maps 1 and 2, one can say that the Brazilian administrative area totally covered by the Cerrado is

A) Bahia.

B) São Paulo.

C) Mato Grosso.

D) Distrito Federal.

E) Paraná.

Questão 7 (UNESP 2020)

The chart shows that the approximate period of time when both urban and rural estimated populations were equal was

A) just before 2005.

B) from 2010 onwards.

C) before 1950, not pictured in the chart.

D) from 1950 to 1980, when the lines were parallel.

E) a bit after 2005 to around 2010.

Questões de geografia

Questão 8 (UNESP 2020)Leia o texto e observe o mapa para responder

Nem existia Brasil no começo dessa história. Existiam o Peru e o México, no contexto pré-colombiano, mas Argentina, Brasil, Chile, Estados Unidos, Canadá, não. No que seria o Brasil, havia gente no Norte, no Rio, depois no Sul, mas toda essa gente tinha pouca relação entre si até meados do século XVIII. E há aí a questão da navegação marítima, torna-se importante aprender bem história marítima, que é ligada à geografia. […] Essa compreensão me deu muita liberdade para ver as relações que Rio, Pernambuco e Bahia tinham com Luanda. Depois a Bahia tem muito mais relação com o antigo Daomé, hoje Benin, na Costa da Mina. Isso formava um todo, muito mais do que o Brasil ou a América portuguesa. […] Nunca os missionários entraram na briga para saber se o africano havia sido ilegalmente escravizado ou não, mas a escravidão indígena foi embargada pelos missionários desde o começo, e isso também é um pouco interesse dos negreiros, ou seja, que a escravidão africana predomine. […] A escravização tem dois processos: o primeiro é a despersonalização, e o segundo é a dessocialização.

O texto estabelece a formação do Brasil a partir da navegação marítima, o que implica reconhecer a importância

A) da imposição de uma lógica global de comércio e da dissolução das fronteiras entre os territórios colonizados na América.

B) do domínio colonial de Portugal sobre o litoral africano e da intermediação espanhola no tráfico escravagista.

C) do controle das rotas marítimas por navegadores italianos e da conformação do conceito geográfico de Ocidente.

D) da constituição do espaço geográfico do Atlântico Sul e da relação estabelecida entre os continentes americano e africano.

E) do surgimento do tráfico de africanos escravizados e das relações comerciais do Brasil com a América espanhola.

Questão 9 (UNESP 2020) Observe a gravura

Produzida no início da década de 1910, a gravura representa a Revolução Mexicana como marcada

(A) pela participação feminina e pela recuperação de elementos da tradição pré-colombiana.

(B) pela vitória dos projetos revolucionários populares e pela construção de uma nova ordem social.

(C) pela negociação político-diplomática e pelos altos índices de assassinatos de mulheres.

(D) pela interferência de países estrangeiros e pela perda da autonomia do país.

(E) pela repressão governamental e pela imposição de castigos físicos aos revolucionários.

Questão 10 (UNESP 2020) A construção de Brasília pode ser considerada a principal meta do Plano de Metas […]. Para alguns analistas, a nova capital seria o elemento propulsor de um projeto de identidade nacional comprometido com a modernidade, cuja face mais visível seria a arquitetura modernista de Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. Ao mesmo tempo, no entanto, a interiorização da capital faria parte de um antigo projeto de organização espacial do território brasileiro, que visava ampliar as fronteiras econômicas rumo ao Oeste e alavancar a expansão capitalista nacional. (Marly Motta. “Um presidente bossa-nova”. In: Luciano Figueiredo (org.). História do Brasil para ocupados, 2013.)

O texto expõe dois significados da construção de Brasília durante o governo de Juscelino Kubitschek. Esses dois significados relacionam-se, pois

A) denotam o esforço de construção de um espaço geográfico brasileiro com o intuito de assegurar o equilíbrio econômico e político entre as várias regiões do país.

B) demonstram o nacionalismo xenófobo do governo Kubitschek e sua disposição de isolar o Brasil dos demais países do continente americano.

C) revelam a importância da redefinição do espaço territorial para a implantação de um projeto de restrições à entrada de capitais e investimentos estrangeiros.

D) explicitam a postura antiliberal do governo Kubitschek e sua intenção de implantar um regime de igualdade social no país.

E) indicam o surgimento de uma expressão arquitetônica original e baseada no modelo de edificação predominante entre os primeiros habitantes do atual Brasil.

Questão 11 (UNESP 2020) Dois fatores que contribuíram para os processos de emancipação política na África e na Ásia no pós-Segunda Guerra Mundial foram:

A) a defesa chinesa de uma política de neutralidade ante os conflitos regionais e o fim da Guerra Fria, que opunha Estados Unidos e União Soviética.

B) a partilha europeia do continente africano e a crise do petróleo, que obrigou os países ricos a negociar com lideranças políticas da África e do Oriente Médio.

C) o nacionalismo de organizações civis dentro das colônias e o princípio da autodeterminação dos povos, que era defendido pela ONU.

D) a crescente autossuficiência econômica dos países africanos e o surgimento do pan-africanismo, que unificou as lutas no continente.

E) a ascensão econômica dos países do chamado Terceiro Mundo e a ação vietcongue, que expulsou os colonizadores da Indochina francesa.

Questão 12 (UNESP 2020) O terrorismo atual utiliza as técnicas do espetáculo produzindo vídeos e montagens por vezes muito bem elaborados. O controle dos meios de difusão de conteúdo é certamente outra novidade, possibilitada pelo advento da internet […]. Por mais chocante que possa ser o conteúdo difundido pelo Estado Islâmico, sua forma é já reveladora de que a violência está subordinada a uma lógica espetacular. (Gabriel F. Zacarias. No espelho do terror: jihad e espetáculo, 2018.) O texto caracteriza o terrorismo atual como peculiar, pois este

A) promove a inclusão digital de populações pobres e amplia o acesso às novas ferramentas de comunicação e divulgação.

B) combate a centralização do poder financeiro no Ocidente e direciona sua propaganda apenas aos seguidores e simpatizantes.

C) rejeita a cultura ocidental do espetáculo e reitera valores e princípios originários de sociedades tradicionais do Oriente próximo.

D) recorre a estratégias de ação de forte impacto visual e divulga suas atividades por meio das novas tecnologias.

E) valoriza a violência como instrumento de transformação política e rejeita a adesão de pessoas nascidas no Ocidente.

Questão 13 (UNESP 2020) O advento de chefes de Estado-empresa marca uma transição sistêmica entre o enfraquecimento do Estado-nação e o fortalecimento da corporação apoiada em sua racionalidade técnico-econômica e gerencial. Essa transferência leva, por um lado, ao esvaziamento do Estado, reduzido à administração e à gestão, e, de outro, à politização da empresa, que expande sua esfera de poder muito além de sua atividade tradicional de produção. A corporação tende a se tornar o novo poder político-cultural.

(Pierre Musso. “Na era do Estado-empresa”. http://diplomatique.org.br, 30.04.2019. Adaptado.)

Coerentes com o neoliberalismo, as propostas do Estado-empresa convergem para

A) a apropriação das forças produtivas pelo Estado e a defesa da igualdade social.

B) o pluralismo democrático e a redistribuição de renda por programas de assistência social.

C) a regulamentação da força de trabalho e a defesa da produção flexível.

D) o protecionismo econômico e a implantação de políticas fiscais contra a inflação.

E) a adoção de privatizações e a mínima intervenção do Estado na economia.

Questão 14 (UNESP 2020) A reação diante da alteridade1 faz parte da própria natureza das sociedades. Em diferentes épocas, sociedades particulares reagiram de formas específicas diante do contato com uma cultura diversa à sua. Um fenômeno, porém, caracteriza todas as sociedades humanas: o estranhamento, que chamamos etnocentrismo, diante de costumes de outros povos, e a avaliação de formas de vida distintas a partir dos elementos da sua própria cultura. Assim, percebemos como o etnocentrismo se relaciona com o conceito de estereótipo2. Os estereótipos são uma maneira de “biologizar” as características de um grupo, isto é, considerá-las como fruto exclusivo da biologia, da anatomia. No interior de nossa sociedade, encontramos uma série de atitudes etnocêntricas e biologicistas. (https://gdeufabc.wordpress.com)

1  alteridade: característica, estado ou qualidade de ser distinto e diferente, de ser outro.

2  estereótipo: ideia ou convicção classificatória preconcebida sobre alguém ou algo. Um exemplo de etnocentrismo incorporado a uma política estatal foi

A) o movimento sionista, na Palestina.

B) o apartheid, na África do Sul.

C) a questão curda, na Turquia.

D) a primavera árabe, na Síria.

E) a balcanização, na Chechênia.

Questão 15 (UNESP 2020) “Eu tinha muito medo, estava sozinha, não tinha como não trabalhar. Ela não me deixava amamentar meu filho pela manhã, dizia que eu perderia tempo.” (Dora E. A. Calle) “Quando eu precisava sair da casa, sempre tinha que pedir a chave. E nessa hora a chave sempre sumia.” (Raul G. P. Mendoza)

“A casa onde eu trabalhava tinha outros 14 bolivianos, que, assim como eu, queriam guardar dinheiro e voltar para nosso país. Mas não é bem assim que acontece.” (Alicia V. Balboa)

(Bárbara Forte. “Tecendo sonhos”. https://noticias.bol.uol.com.br, 09.05.2019. Adaptado.)

Esses depoimentos retratam a realidade vivida por imigrantes bolivianos que trabalharam no setor têxtil da capital paulista.

Os depoimentos evidenciam

A) a competitividade da Divisão Internacional do Trabalho.

B) a relação de trabalho análoga à escravidão.

C) o processo de segregação estimulado pela xenofobia.

D) a flexibilização das leis trabalhistas.

E) o descompasso do trabalho formal com as mudanças da globalização.

Questão 16 (UNESP 2020)  Analise os diagramas

Esses diagramas demonstram o processo de

A) desintegração mecânica acompanhada pela decomposição química das rochas na exposição aos agentes atmosféricos.

B) formação de novos aquíferos pela concentração de fluxos de água em terrenos arenosos.

C) metamorfismo sofrido por rochas magmáticas quando sujeitas ao calor e à pressão.

D) diastrofismo da crosta terrestre pelo falhamento da superfície ao longo das eras geológicas.

E) afloramento de rochas ricas em matéria orgânica na formação de novos escudos cristalinos.

Questão 17 (UNESP 2020)Com o intuito de formar uma rede de observação e coleta de dados sobre as chuvas, um professor de geografia instalou, nas escolas em que trabalha, instrumentos meteorológicos para recolher e medir a quantidade de água precipitada. Após uma chuva, um aluno verificou que o instrumento registrou 40 mL de água em um tubo, no formato de um cilindro reto com 20 cm de diâmetro, conforme a figura.

A partir dessas informações, o aluno deve comunicar ao professor que o valor aproximado indicado no

A) pluviômetro foi 1,3 mm de chuva.

B) higrômetro foi 1,3 mm de chuva.

C) barômetro foi 2 mm de chuva.

D) pluviômetro foi 2 mm de chuva.

E) higrômetro foi 2 mm de chuva.

Questão 18 (UNESP 2020) As figuras mostram, em três momentos distintos, a distribuição da qualidade do hábitat em uma região.

Considerando conhecimentos de preservação ambiental, uma medida para minimizar os impactos da situação representada pelas figuras é

(A) o combate à prática de biopirataria.

(B) a criação de um cinturão agrícola.

(C) a adoção do sistema de terraceamento.

(D) o remanejamento de espécies ameaçadas.

(E) a implantação de corredores ecológicos

Questão 19 (UNESP 2020) As abelhas são responsáveis pela maior parte da polinização em nosso planeta. Mesmo assim, estão sendo eliminadas, colocando em risco a conservação da biodiversidade e a segurança alimentar na Terra. Dentre as práticas que acirram o extermínio de abelhas, pode-se citar

(A) o terraceamento e o avanço da biotecnologia.

(B) a transgenia e a expansão de plantas silvestres.

(C) a rotação de culturas e a mecanização do campo.

(D) o uso de sementes crioulas e a silvicultura.

(E) a monocultura e o uso de agrotóxicos.

Questão 20 (UNESP 2020) Alguns especialistas argumentam que deveria haver rótulos climáticos na comida, da mesma forma que há informações sobre nutrição. Em teoria, os rótulos poderiam ajudar os consumidores a escolher produtos de baixo impacto ambiental e dariam aos agricultores e produtores mais incentivos para mudarem seus produtos. (The New York Times. “Como fazer compras, cozinhar e comer em um mundo que está aquecendo?”. http://www.folha.uol.com.br, 06.05.2019. Adaptado.) Considerando a proposta apresentada pelo excerto, um dado que poderia constar nos rótulos de alimentos seria

(A) o débito fluvial.

(B) a estrutura fundiária.

(C) o código florestal.

(D) a pegada de carbono.

(E) a diversidade ecológica.

Questão 21(UNESP 2020) Analise os mapas temáticos hipotéticos

Considerando os métodos de representação da cartografia temática, pode-se afirmar que o mapa temático

A) 2 apresenta relações de proporcionalidade entre os lugares.

B) 3 apresenta relações de ordem entre os lugares.

C) 3 apresenta relações de diversidade entre os lugares.

D) 1 apresenta relações de proporcionalidade entre os lugares.

E) 2 apresenta relações de ordem entre os lugares.

GABARITO (corrigido)

Questão 1 – Alternativa D. No soneto de Cláudio Manuel da Costa, o eu lírico lamenta as alterações sofridas pela natureza em decorrência da mineração e de ampla exploração econômica da região de Minas Gerais, terra natal desse autor que iniciou o Arcadismo em 1768, com Obras Poéticas.

Questão 2 – Alternativa E. Em Memórias Póstumas de Brás Cubas, o defunto autor narra ações transcorridas no Rio de Janeiro, região sudeste do Brasil, em que a chuva ocorre durante o ano todo e intensifica-se no verão. Vidas Secas relata a precária existência de uma família de retirantes no sertão do Nordeste, local com chuvas escassas no início do ano e longos períodos de estiagem.

Questão 3 – Alternativa E. A mercadoria a que o cartum faz alusão está diretamente relacionada ao aquecimento global. No cartum, o dinossauro diz que sonhou que seu corpo era vendido por 3 dólares o galão, ou seja, esse galão faz referência à gasolina, que é um combustível fóssil e um dos grandes fatores responsáveis pelo aqueci – mento global.

Questão 4 – Alternativa A. De acordo com a informação encontrada no segundo parágrafo, o item que reflete que o Cerrado é uma das regiões menos protegidas do Brasil afirma que apenas 20% da vegetação original permanece intacta; menos de 3% da área é atualmente protegida por lei.

Questão 5 – Alternativa E. De acordo com o mapa 1, a área da vegetação predominante no Brasil é a Floresta Tropical.

Questão 6 -Alternativa D. Ao compararmos os mapas 1 e 2, pode-se afirmar que a área administrativa totalmente coberta pelo Cerrado é o Distrito Federal.

Questão 7 -Alternativa E. O gráfico mostra que o período de tempo aproximado quando as populações urbanas e rurais se equiparavam foi a época um pouco após 2005 até por volta de 2010.

Questão 8 -Alternativa D. Considerando que a colonização e exploração do Brasil direcionou-se a partir do litoral, deve-se destacar sua importância no espaço meridional atlântico, controlado por Portugal sobretudo em função do tráfico de africanos escravizados.

Questão 9 -Alternativa A. A Revolução Mexicana, iniciada em 1910, contou com grande participação do campesinato, dentro do qual as mulheres chegaram a participar como combatentes. O elemento pré-colombiano presente na ilustração é a caveira, bastante presente na arte indígena mexicana.

Questão 10 -Alternativa A. A questão foi elaborada por apologistas de Brasília e do projeto desenvolvimentista que ela simboliza, esquecendo que essa “31 ª Meta” foi acrescentada a posteriori , para depois tornar-se a “Meta-síntese” do programa juscelinista. De qualquer forma, a transferência da capital do País para o Planalto Central visava consolidar uma proposta de integração entre as regiões brasileiras, criando um polo de desenvolvimento no Centro-Oeste. Ademais, o plano de interiorizar a capital brasileira atendia a antigos argumentos de ordem estratégica.

Questão 11 -Alternativa C. A descolonização afro-asiática significou a culminação de movimentos nacionalistas surgidos nas décadas anteriores, mas que ganharam corpo somente no período posterior a 1945, quando a “autodetermi – nação dos povos” passou a ser defendida até pelas duas superpotências, como forma de ganhar espaços no contexto da Guerra Fria. Outro fator determinante foi o enfraquecimento das potências coloniais após a Segunda Guerra Mundial.

Questão 12 -Alternativa D. Grupos terroristas empregam meios cada vez mais avançados para divulgar suas ações. A propagação de ações terroristas, com o emprego de novas mídias e da internet, amplia o alcance e o impacto destas ações e difunde as causas às quais estão vinculadas.

Questão 13 –Alternativa E. O Estado-Empresa, dentro do contexto do neolibera – lismo, converge para a adoção de privatizações tendo mínima intervenção na economia.

Questão 14 -Alternativa B. O apartheid foi uma política segregacionista implantada na África do Sul onde a minoria branca, de origem europeia, impôs leis e regras à maioria preta. A base do pensamento étnico estava incorporado ao eurocentrismo entre as décadas de 1940 e 1980

Questão 15 -Alternativa B. A maioria dos imigrantes bolivianos que trabalham em São Paulo encontra-se em situação irregular, são trabalhadores clandestinos, o que os expõe à exploração por grupos inescrupulosos. Ameaçando os trabalhadores de supostas denúncias, esses indivíduos forçam-nos a trabalhar em condições subumanas, impedindo-os de reivindicar os mais básicos direitos.

Questão 16 -Alternativa A. O bloco-diagrama demonstra concorrência de processos de DESINTEGRAÇÃO MECÂNICA, decorrente da precipitação, da radiação solar e da circulação atmosférica, e da DECOMPOSIÇÃO QUÍMICA, que resulta da ação de elementos contidos nas precipitações. A formação de AQUÍFEROS dá-se quanto a água superficial, pelo processo e percolação, alcança rochas porosas, situadas em áreas mais profundas, onde acumula-se com o passar dos anos. O METAMORFISMO corre, em verdade, da alteração das condições de temperatura e de pressão as quais a rocha está submetida. O DIASTROFISMO é movimento produzido por processos tectônicos, relacionado à origem à de bacias oceânicas, continentes, platôs e cadeias de montanhas. A rochas associadas a matéria orgânica, são de natureza sedimentar, ao passo que os ESCUDOS CRISTALINOS são de origem pré-cambriana

Questão 17 -Alternativa A. O pluviômetro é um aparelho simples que mede volume de chuva no local em que foi instalado relacionado a um determinado período de tempo e a uma determinada área. Aplicando-se a fórmula V = π . r2 . h obtêm-se 1,3 mm de chuva.

Questão 18 -Alternativa E. O corredor ecológico consiste na implantação de áreas contiguamente ligadas (por isso o termo “corredor”) unindo formações vegetais ainda preservadas, permitindo sua retomada de crescimento. Para tanto, devem-se desapropriar as áreas que se encontram ocupadas com atividades econômicas, a fim de que, liberadas, possam fazer renascer as formações vegetais. Tal procedimento implica gastos econômicos passíveis de discussão pela sociedade.

Questão 19 – Alternativa E. O extermínio de abelhas ocorre quando as práticas agrícolas comerciais utilizam elementos nocivos à sua saúde para garantir a produtividade para finalidade comercial. Por isso, a uniformização da produção em monoculturas reduz a produção de gêneros alimentícios e amplia uso de agrotóxicos para aumentar a rentabilidade.

Questão 20 -Alternativa D. A única alternativa diretamente ligada ao aspecto climático seria aquela voltada para o fenômeno do efeito estufa, de origem antrópica, supostamente vinculado ao aquecimento global. Esse fator é evidenciado pela “pegada de carbono” que quantifica o quanto cada produto coloca de carbono na atmosfera em todo seu ciclo produtivo.

Questão 21 -Alternativa E. As representações cartográficas apresentadas referem-se respectivamente a: Qualidade, Ordem e Quantidade. Deduz-se isso a partir da comparação da forma como os objetos/fenômenos foram representados. No mapa 1, a legenda, implícita na representação, mostra objetos de natureza distinta. Já o mapa 2 sugere ordenamento entre os objetos/fenômenos representados, enquanto o mapa 3, por mostrar objetos/fenômenos com dimensões distintas, sugere uma relação de quantidade.

Errata: havia duas questões 16 e o gabarito ficou duplicado. Já corrigimos o erro

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s