Questões comentadas da Unesp 2019: segunda fase

Correção da segunda fase da Unesp (1º dia): prova de Ciências Humanas, realizado no dia 16 de dezembro de 2018.

01) Aquilo que hoje chamamos “globalização” esteve na mira da classe capitalista o tempo todo. Se o desejo de conquistar o espaço e a natureza é uma manifestação de algum anseio humano universal ou um produto específico das paixões da classe capitalista, jamais saberemos. O que pode ser dito com certeza é que a conquista do espaço e do tempo, assim como a busca incessante para dominar a natureza, há muito tempo tem um papel central na psique coletiva das sociedades capitalistas. Apesar de todos os tipos de críticas, acusações, repulsas e movimentos políticos de oposição, […] ainda prevalece a crença de que a conquista do espaço e do tempo, bem como da natureza (incluindo até mesmo a natureza humana), está de algum modo a nosso alcance.

(David Harvey. O enigma do capital, 2011.)

a) Explique como a conquista do espaço e do tempo se realizou na globalização.

b) Mencione, sob o ponto de vista ambiental, duas críticas ao processo de globalização.

02) A Bayer se converteu, no dia 07.06.2018, em líder mundial de sementes, fertilizantes e pesticidas – o grupo farmacêutico e agroquímico alemão anunciou a compra da americana Monsanto. A fusão deve criar uma empresa com o controle de mais de um quarto do mercado mundial de sementes e pesticidas. Na resistência a esse tipo de produção estão aqueles que empregam sementes crioulas, diferentes daquelas que resultam de um processo caro e que só pode ser feito em laboratório.

(Katarine Flor. http://www.brasildefato.com.br, 08.06.2018. Adaptado.)

a) O que são sementes “crioulas” e quem as utiliza?

b) Cite dois motivos pelos quais o agronegócio emprega sementes não crioulas.

03) Perfil esquemático da estrutura interna da Terra (valores médios)

camada superfície_unesp 2019.png

a) Defina litosfera e astenosfera.

b) Considerando a dinâmica interna do planeta, explique o funcionamento das correntes de convecção no interior da Terra e identifique a sua manifestação superficial.

04)

oceanos de plástico_unesp 2019.png

a) O combate à poluição por plástico foi um dos principais problemas debatidos pela ONU em 2018. Mencione uma consequência da poluição dos oceanos por plástico e o país que mais tem contribuído para esse problema.

b) Identifique os dois mecanismos responsáveis pela concentração de plásticos nos cinco giros oceânicos destacados.

Questões correlacionadas

05 – No livro The Moral Consequences of Economic Growth, Benjamin Friedman, professor de economia política [da Universidade] de Harvard, parte de vasta evidência histórica para defender que o crescimento econômico não é um facilitador apenas de melhorias materiais, mas também da liberdade, da tolerância, da justiça e da democracia. […] Nos anos 1930, os Estados Unidos conseguiram fortalecer os valores democráticos em meio à Grande Depressão. O autor atribui essa sorte ao New Deal do presidente Roosevelt, que qualifica como uma tentativa de “disseminar a oportunidade econômica o mais amplamente possível”. Considera que […] o caminho escolhido foi “deliberadamente pluralista e inclusivo”, com o objetivo não somente de restaurar a prosperidade econômica, mas de criar maior igualdade de oportunidades.

(Laura Carvalho. Valsa brasileira: do boom ao caos econômico, 2018.)

a) Indique duas características do New Deal.

b) Identifique e explique a ideia central do primeiro parágrafo do texto.

06

ditadura_ato AI-5.png

a) Identifique e explique o que é o “sr. ATO cinco”.

b) Escolha dois dos quatro artigos do “pedido de divórcio” e justifique as afirmações neles apresentadas.

Respostas

01) a) A globalização é resultante da expansão do comércio mundial e dos aumentos relações sociais, políticas, ambientais e entre outras em escala mundial. A conquista do espaço e do tempo que se realizou na globalização foi resultado, principalmente, do avanço do setor de transporte e de comunicação que gerou o “encurtamento” das distâncias e a instantaneidade de informação entre as diferentes regiões do mundo.

b) A ampliação das relações econômicas e a velocidade de produção acelerada fez com que os recursos naturais fossem explorados também em maior escala, sobretudo em países periféricos que, flexibilizando suas legislações ambientais, têm sua produção de capital fundamentada na exportação dos recursos primários. Outra crítica ambiental que se destaca com o processo de globalização é a intensificação de produção de resíduos sólidos, uma vez que somado à ideia de obsolescência programada, retira fronteiras e mundializa o consumo em larga escala, gerando assim mais lixo.

Dentre outros: aumento da poluição hídrica e atmosférica e o aumento no fluxo de transportes fundamentado em fontes energéticas que ampliam o nível de emissão de gases de efeito estufa, contribuindo para o agravamento da poluição atmosférica e do aquecimento global.

02) a) As sementes crioulas são sementes tradicionais, sem qualquer mutação genética, contrapondo-se as sementes geneticamente modificada. A utilização da semente crioulas é feita pelos agricultores familiares, camponeses, sem-terra, quilombolas, indígenas. Estas sementes passam de geração por geração, e são preservadas por banco de sementes como no Brasil, sendo que a cada safra, são acolhidas as melhores sementes para utilização nos anos seguintes, sendo o processo repetido várias vezes.

b) O agronegócio, que funciona como um complexo estágio de produção, juntando o setor primário, secundário e terciário numa verticalização (como a compra e distribuição de suprimentos agrícolas, a produção, o armazenamento, o processamento e a comercialização) nasceu como consequência da Revolução Verde no campo, que buscou aumentar a segurança alimentar no campo através da modernização no campo. Para garantir a segurança alimentar, o agronegócio buscou desenvolver sementes transgênicas, as quais são desenvolvidas em laboratórios com a intenção de resistir a pragas, doenças e mudanças climáticas, aumentando a produção e sua eficiência (e gerando mais lucro).

03) a) A litosfera é a camada mais superficial da Terra e sólida Formada por rochas e minerais, ela faz parte do cenário onde se desenvolve a vida na superfície terrestre.

A astenosfera é a camada que se situa logo abaixo da litosfera, sendo menos rígida do que a litosfera e com material em estado líquido.

b) A astenosfera possui temperatura mais elevada e portanto apresenta uma rigidez menor, sofrendo deformação mais facilmente, quando sujeita a esforços. O material fluido da astenosfera com a pressão da litosfera e aquecida pela mesosfera, forma correntes ascendentes (convectivas) e descendentes que giram constantemente. Essas correntes, ao subirem e se encontrarem (convergência) ou se separarem (divergência), podem provocar colisão ou separar as placas tectônicas.

Quanto a sua manifestação superficial causada pelo movimento de convergência pode-se apontar os abalos sísmicos ou a extrusão de material vulcânico, bem como, a formação orogenética (surgindo as montanhas e cordilheiras como dos Andes). No movimento de divergência, pode-se destacar as falhas geológicas (como a de San Andreas)

04) a) Dentre as inúmeras consequências do plástico no oceano temos: contaminação das águas, ameaça aos recifes de corais, risco à vida marinha e ameaça à biodiversidade dos oceanos e mares. De acordo com o mapa, a China é o país com maior contribuição para a poluição de plástico nos oceanos, com mais de 5 milhões de toneladas.

b) Os mecanismos responsáveis pela concentração de plástico nos cincos giros oceânicos destacados são: mecanismo das correntes marítimas e pela influência das forças gravitacionais e de Coriolis, com os ventos ciclonais e anticiclonais. O fenômeno provocado pelo redemoinho que aprisionam grandes quantidades de resíduos é também chamado de ‘sopa de plástico’.

05 –a) O New Deal de Franklin D. Roosevelt foi um conjunto de medidas econômicas e sociais que tiveram como objetivo recuperar a economia dos EUA pós crise de 1929. Estruturada no princípio da maior intervenção do Estado na economia, o New Deal teve também como características: (I) grandes investimentos estatais em obras públicas; (II) controle de preços e da produção das empresas; (III) maior regulação do sistema bancário e monetário; (IV) incentivos agrícolas; (V) criação de previdência social e seguro desemprego; (VI) diminuição da jornada de trabalho, entre outras.

b) A ideia central do primeiro parágrafo do texto é que o crescimento econômico gera não apenas melhorias no campo material, mas também em áreas mais amplas como a liberdade, a tolerância, a justiça e a democracia.

O pensamento é estruturado em uma concepção mais ampla da economia, restrita não apenas no aumento do dinheiro, mas como capaz de promover benefícios em áreas como educação, saúde, lazer, moradia, entre outras. Assim, tal ideia compreende que o crescimento econômico é  capaz de garantir o bem-estar social.

06 -a) O “Sr. Ato 5” é uma alusão ao Ato Institucional número 5, outorgado em 13 de dezembro de 1968, no governo Costa e Silva. Este Ato foi o mais autoritário, prevendo a suspensão de direitos civis e políticos, tais como: efetuação de prisões sem acusação formal, diligências policiais em domicílio sem a necessidade de mandados judiciais, suspensão do habeas corpus para crimes de natureza política e o fortalecimento do poder presidencial que poderia, unilateralmente, fechar o congresso e decretar estado de sítio. É relevante ainda o fato de, quando da sua imposição, o referido ato não ter previsibilidade de vigência.

b) Entre os artigos do “pedido de divórcio”, poderiam ser analisados:

1: O autoritarismo estrutural do ato, ironizado no texto como um casamento de 9 anos no “regime de exceção de bens”, conforme “certidão inconstitucional”. Segundo o autor, o ato desnuda o caráter ditatorial do regime por ferir preceitos essenciais da cidadania e das ações do Estado, previstos, inclusive, na constituição promulgada em regime de outorga, em 1967, pelo próprio regime militar;

2 e 3: O “divórcio” representa o rompimento definitivo com o autoritarismo inerente ao regime militar. Ao reclamar para a mãe (Nação Brasileira) guarda dos filhos e requerer que o pai (AI-5) não visite os filhos sob quaisquer circunstâncias, o autor defende que o país só pode ser pleno se seus filhos gozarem de direitos com absoluta liberdade;

4: A recusa da “pensão alimentícia” traz implícita a ideia de que o regime autoritário é também responsável pela pobreza de seus filhos. Logo, a libertação civil e política deve ser acompanhada da emancipação econômica, dadas as notórias riquezas do território de proporções continentais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s