Resolva as questões de Geografia na Unesp 2017

Quer entender como foi cobrado o conteúdo de Geografia na Unesp 2017? Neste artigo explicamos a resolução das questões de Geografia cobradas na prova de vestibular da Unesp 2017 na primeira fase.

Entenda a prova da Unesp 2017

Nesta primeira fase do vestibular são cobradas 90 questões de múltipla escolha, dividas igualmente em três áreas: linguagens, ciências humanas e natureza. Na área de humanas a prova é dividida nas disciplinas de História, Geografia e Filosofia.

Nesse vestibular da Unesp 2017 foram cobrados ao todo 14 questões de Geografia, 10 de História e 6 de Filosofia. O número superior de questões de Geografia reforça a necessidade do vestibulando se dedicar aos temas da disciplina.

Entre os temas de Geografia cobrados nesse vestibular tem desde cartografia, meio ambiente, rochas,  G-20 , domínios morfoclimáticos, trabalho e alienação, El Niño, transporte e globalização.

Os professores de cursinhos pré-vestibulares avaliam que a prova teve nível médio e foi bem clássica, exigindo do vestibulando noção básica sobre os temas da Geografia e interpretação de texto.


Vestibular Unesp 2017

41)

41 - unesp 2017.png

O artista Artur Barrio nasceu em Portugal e mudou-se para o Brasil em 1955, dedicando-se à pintura a partir de 1965. Em 1969, começa a criar as Situações: trabalhos de grande impacto, realizados com materiais orgânicos como lixo, papel higiênico, detritos humanos e carne putrefata, com os quais realiza intervenções no espaço urbano. No mesmo ano, escreve um manifesto no qual contesta as categorias tradicionais da arte e sua relação com o mercado, e a conjuntura histórica da América Latina. Em 1970, na mostra coletiva Do corpo à terra, espalha as Trouxas ensanguentadas em um rio em Belo Horizonte. (http://enciclopedia.itaucultural.org.br. Adaptado.)

Relacionando-se a imagem, as informações contidas no texto e o contexto do ano da mostra coletiva Do corpo à terra, é correto interpretar a intervenção Trouxas ensanguentadas como uma

(A) denúncia da situação política e social do Brasil.

(B) revelação da pobreza da população brasileira.

(C) demonstração do caráter perdulário das sociedades de consumo.

(D) crítica à falta de planejamento das cidades latino-americanas.

(E) melhoria, por meio da arte, das áreas degradadas das cidades.

Resposta: Alternativa A

As Trouchas ensanguentadas foi produzida nos anos 1970, época em que vivíamos no Brasil a ditadura militar tendo o auge da repressão com o Governo do General Médici. A partir do tema e da imagem identificamos, como crítica metafórica da obra, sobre a violência praticada pela ditadura militar contra os opositores ao governo, sendo a maioria torturados e assassinados. Portanto a obra denuncia a situação política e social do Brasil.

42) Com o fim da Guerra Fria, os EUA formalizaram sua posição hegemônica. Sem concorrência e se expandindo para as antigas áreas de predomínio socialista, o capitalismo conheceu uma nova fase de expansão: tornou-se mundializado, globalizado. O processo de globalização criou uma nova divisão internacional do trabalho, baseado numa redistribuição pelo mundo de fábricas, bancos e empresas de comércio, serviços e mídias. (Loriza L. de Almeida e Maria da Graça M. Magnoni (orgs.). Ciências humanas: filosofia, geografia, história e sociologia, 2016. Adaptado.)

Dentre as consequências do processo de globalização, é correto citar

(A) o nascimento do governo universal e democrático.

(B) a pacificação das relações internacionais.

(C) o enfraquecimento dos estados-nações.

(D) a abolição da exploração social do trabalho.

(E) o nivelamento econômico dos países.

Resposta: alternativa C

Conforme apontado no texto da questão a globalização teve uma nova expansão do capitalismo e sofreu uma modificação tendo uma nova divisão internacional do trabalho. A globalização permitiu a criação de blocos econômicos e organizações intragovernamentais que enfraqueceram os poderes dos Estados-Nações, criando um mundo multipolar.

43) Os fluxos de importação e de exportação expressos no mapa evidenciam

43 - unesp 2017.png

(A) a ausência de países integrantes do G4 nas importações de petróleo.
(B) a ausência de países integrantes do G7 nas exportações de petróleo.
(C) o predomínio dos países membros do NAFTA nas exportações de petróleo.
(D) a ausência de países integrantes do BRICS nas importações de petróleo.
(E) o predomínio dos países membros da OPEP nas exportações de petróleo.

Resposta: alternativa E

Antes de responder a questão é importante que o vestibulando lembre que OPEP é a Organização dos Países Exportadores de Petróleo e é formada por 12 países membros que se destacam como grandes produtores de petróleo, como: Argélia, Angola, Equador, Irã, Iraque, Kuwait, Líbia, Nigéria,Catar, Arábia Saudita, Emirados Árabes Unidos e Venezuela. Estes países controlam 75% da produção mundial de petróleo.

No mapa é destacado os fluxos do comércio do petróleo tendo a participação essencial da Arábia Saudita, Iraque, Irã, Emirados Árabes e Venezuela.

Reveja:

O G4 – formado por Alemanha, Brasil, Índia e Japão 

G7 formado pelos maiores países industrializados –  Estados Unidos, Reino Unido, Japão, França, Alemanha, Itália e Canadá.

NAFTA – Estados Unidos, México e Canadá

BRICS – Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul*

*Obs: Obrigado à Maria Carolina por nos avisar que esquecemos de mencionar a África do Sul como membro do BRICS.

44) Observe a charge e responda ao que se pede:

44 - unesp 2017.png

O processo ironizado na charge, em que cada participante da reunião acrescenta um item à imagem do operário, refere-se

(A) à tomada de decisões no âmbito coletivo, que integra os operários no planejamento fabril e valoriza o trabalho.

(B) à alienação do trabalho, que fragmenta as etapas produtivas e controla os movimentos dos trabalhadores.

(C) ao aumento das exigências contratuais, que elevam o desemprego estrutural e alimentam as instituições de qualificação profissional.

(D) à substituição do trabalhador na linha de montagem, que mecaniza as fábricas e evita a especialização produtiva.

(E) ao desenvolvimento de novas técnicas, que complexificam a produção e selecionam os profissionais com domínio global sobre o produto.

Resposta: alternativa B

A charge destaca o processo de alienação do trabalho, que objetiva fragmentar as etapas produtivas. Assim, cada trabalhador executa uma específica função a fim de reduzir os custos e aumentar o lucro da empresa. 

45) Criado em resposta às crises econômicas do final da década de 1990, o G-20 reflete o contexto de

(A) unilateralidade da antiga ordem mundial, marcada pela supremacia britânica no Conselho de Segurança das Nações Unidas.

(B) bipolaridade da antiga ordem mundial, caracterizada pela estabilidade financeira dos países desenvolvidos e subdesenvolvidos.

(C) multipolaridade da antiga ordem mundial, marcada pelo fortalecimento da cooperação entre blocos econômicos.

(D) multipolaridade da nova ordem mundial, caracterizada pela diversidade de interesses das economias industrializadas e emergentes.

(E) bipolaridade da nova ordem mundial, caracterizada pelo controle estadunidense e soviético das instituições financeiras internacionais.

Resposta: alternativa D

O G-20 é um grupo formado pela junção dos países do G7 pela União Europeia e por 12 países emergentes, e conforme destaca o texto, sua criação determina o fim do mundo bipolar da Guerra Fria e ascensão do mundo multipolar.

46) Alguns estudos recentes mostram que, de fato, há uma mudança ocorrendo na equação das migrações internas e na conformação das redes urbanas, com um novo papel de protagonismo regional dessas cidades médias, cuja população e PIB crescem mais do que as grandes cidades brasileiras. (João S. W. Ferreira e Luciana Ferrara. “A formulação de uma nova matriz urbana no Brasil”. In: Tarcisio Nunes et al. (orgs.). Habitação social e sustentabilidade urbana, 2015. Adaptado.)

Assinale a alternativa que indica corretamente o fenômeno urbano caracterizado no excerto.

(A) Verticalização.

(B) Segregação socioespacial.

(C) Gentrificação.

(D) Favelização.

(E) Desmetropolização.

Resposta: alternativa E

Com o crescimento urbano das cidades médias, as cidades metrópoles acabaram perdendo sua relevância no PIB, sendo o que se chama de desmetropolização.

O processo de verticalização é o que se chama de edificação, ou seja, o crescimento de prédios. A segregação socioespacial é relacionado a criação de condomínios fechados. A gentrificação é o processo de mudança imobiliária nos perfis residenciais e culturais

47)

47

Examinando a imagem e considerando as características dos meios de transporte rodoviário, ferroviário e hidroviário, é correto afirmar que

a) a escolha dos meios de transporte de cargas restringe-se à relação entre a capacidade e o custo do deslocamento.

b) a otimização do custo-benefício no transporte de cargas relaciona-se diretamente à escolha exclusiva de um tipo de modal.

c) a falta de flexibilidade no transporte de cargas traduz a dependência nacional por técnicas estrangeiras.

d) a multimodalidade no transporte de cargas mantém relação com o custo final da tonelada por quilômetro percorrido.

e) a escolha dos modais para o transporte de cargas obedece a determinações políticas para o estabelecimento das rotas.

Resposta: alternativa D

Pela imagem é possível ver a variação no custo final da tonelada por km percorrido.  Em  cada item a logística altera a combinação entre os tipos de transporte (rodoviário, ferroviário e hidroviário) tendo cada um preço final diferente.

48) Observe a imagem

48 - unesp 2017.png

A estratificação observada na imagem constitui uma feição comum em rochas de origem

(A) extrusiva.

(B) sedimentar.

(C) intrusiva.

(D) metamórfica.

(E) ígnea.

Resposta: alternativa B

Essa imagem mostra uma estratificação cruzada num ambiente desértico no Parque Nacional Zion, sudoeste de Utah nos Estados Unidos. A variação nas direções da estratificação  cruzada deste arenito devem-se a mudança dos ventos  no momento em que as dunas foram depositadas.      

49)  Efeitos do fenômeno climático em dezembro, janeiro e fevereiro

49 - unesp 2017.png

O mapa apresenta os efeitos do fenômeno climático de interação atmosfera-oceano denominado

(A) El Niño, caracterizado pelo aquecimento das águas do Oceano Pacífico nas proximidades do equador.

(B) Alísios de Nordeste, caracterizado pela atuação em escala local e em curto período de tempo sobre as águas do Oceano Pacífico.

(C) La Niña, caracterizado pelo resfriamento das águas superficiais do Oceano Pacífico na costa peruana.

(D) Zona de Convergência Intertropical, caracterizado pela formação de núcleos de aumento nas temperaturas superficiais do Oceano Pacífico.

(E) Zona de Convergência do Atlântico Sul, caracterizado pela diminuição da temperatura e da umidade no equador.

Resposta: alternativa A

O mapa destaca o fenômeno do El Niño, que provoca aumento de chuvas e das secas em várias partes do mundo  no período de dezembro e fevereiro. 

50) Leia os excertos do geógrafo Aziz Nacib Ab’Sáber.

Excerto 1

Domínio com fortíssima e generalizada decomposição de rochas, densas drenagens perenes, extensiva mamelonização, agrupamentos eventuais de “pães de açúcar”, planícies de inundação meândricas.

Excerto 2

Domínio com planaltos de estrutura complexa, planaltos com vertentes em rampas suaves, ausência quase completa de mamelonização, drenagens espaçadas pouco ramificadas. (“Domínios morfoclimáticos e províncias fitogeográficas do Brasil”. In: A obra de Aziz Nacib Ab’Sáber, 2010. Adaptado.)

Os domínios morfoclimáticos caracterizados nos excertos 1 e 2 referem-se, respectivamente,

(A) ao cerrado e à caatinga.

(B) à caatinga e aos mares de morros.

(C) ao amazônico e às pradarias.

(D) aos mares de morros e ao cerrado.

(E) às araucárias e às pradarias.

 Resposta: alternativa D

O excerto 1 indica o domínio dos Mares de Morros e o excerto 2 indica o domínio de planaltos sendo o cerrado. 

51) A Pegada Hídrica é uma ferramenta de gestão de recursos hídricos que indica o consumo de água doce com base em seus usos direto e indireto. “Precisamos desconstruir a percepção de que a água vem apenas da torneira [um uso direto] e que simplesmente consertar um pequeno vazamento é o bastante para assumir uma atitude sustentável”, ressalta Albano Araujo, coordenador da Estratégia de Água Doce da Nature Conservancy. (www.wwf.org.br. Adaptado.)

Considerando o excerto e os conhecimentos acerca do consumo de água no planeta, é correto afirmar que o uso indireto de água doce corresponde

(A) à comercialização de água sob a forma de produto final.

(B) ao emprego de água extraída de reservas subterrâneas para o abastecimento público.

(C) à quantidade de água utilizada para a fabricação de bens de consumo.

(D) ao aproveitamento doméstico da água resultante de processos de despoluição.

(E) à distribuição de água oriunda de represas distantes do consumidor final.

Resposta: alternativa C

Nesta questão o vestibulando precisa relembrar do conceito de Água Virtual que visa estabelecer uma crítica do uso da água na produção de bens de consumo.

52)A fotografia mostra a elevada concentração de aguapés em um trecho do Rio Tietê, localizado a montante da barragem de Barra Bonita (SP).

52 - unesp 2017.png

O desenvolvimento acelerado dessas plantas constitui um indicador de

(A) assoreamento, oriundo do depósito de rejeitos de mineração e da diminuição da matéria orgânica em suspensão.

(B) eutrofização, decorrente do aprofundamento dos leitos e da intermitência dos corpos d’água.

(C) eutrofização, resultante do despejo de esgotos e da descarga de fertilizantes agrícolas.

(D) assoreamento, proveniente do aumento da precipitação média e da ocorrência da chuva ácida.

(E) lixiviação, derivada do turbilhonamento do fundo de lagos e da oxigenação da água.

 Resposta: alternativa C

A causa desse desenvolvimento das plantas de aguapés é devido a eutrofização, cujo processo é decorrente principalmente da ação humana (ação antrópica) que apresenta matéria orgânica acumulada nos ambientes aquáticos. Uma das causas que contribuem para isso é que os rios acumulem lixos domésticos, fertilizantes agrícolas e efluentes industriais. 

53) O governo americano está sendo processado, pela primeira vez, por quem nem nasceu ainda. Quem assina o processo, em nome das “futuras gerações”, também não está por aqui há muito tempo: são 21 crianças e adolescentes de 8 a 19 anos que registraram uma ação contra Barack Obama, presidente dos Estados Unidos. Eles acreditam que os governantes não estão fazendo o suficiente para salvar o planeta do aquecimento global. Um dos argumentos do grupo é que as autoridades conhecem os danos potenciais dos combustíveis fósseis há décadas: já se sabia que reduzir a emissão desses gases era necessário para dar condições razoáveis de vida a gerações futuras – e por isso eles acusam o Estado de estar infringindo seus direitos constitucionais. (www.super.abril.com.br, 26.04.2016. Adaptado.)

Tal denúncia relaciona-se, em larga medida, ao não cumprimento dos objetivos propostos no

(A) Tratado de Madri.

(B) Tratado de Roma.

(C) Protocolo de Quioto.

(D) Tratado de Assunção.

(E) Protocolo de Cartagena.

 Resposta: alternativa C

O Protocolo de Quioto (ou Kyoto) propunha como preocupação climática a necessidade de emissão de gases do efeito estufa. Na ocasião da negociação do acordo de Quioto, os EUA assinou o acordo mas não ratificou em 2005  

54) A escala cartográfica define a proporcionalidade entre a superfície do terreno e sua representação no mapa, podendo ser apresentada de modo gráfico ou numérico.

54 - unesp 2017.png

A escala numérica correspondente à escala gráfica apresentada é:

(A) 1:184 500 000.

(B) 1:615 000.

(C) 1:1 845 000.

(D) 1:123 000 000.

(E) 1:61 500 000.

Resposta: alternativa E

Para resolver esse exercício de cartografia bastava transformar a unidade expressa em km para cm. Para transformar km em cm basta acrescentar 5 zeros.

Ou seja, se 1 cm equivale a 615 km, a escala numérica corresponde a 61 500 000 cm. Logo a escala numérica seria 1/61 500 000 ou 1:61 500 000 


Você já segue nossas redes sociais? Se ainda não, nos siga para saber novas publicações:

Instagram

Facebook

Confira nossas outras publicações

Fonte:

Etapa resolve. Comentários sobre a Unesp 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=9dRcLWRkeug

Oficina do estudante. Vídeo com comentários sobre a Unesp 2017. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=5g4_rEWKxK4

UOL. Unesp 2017: Acompanhe a correção comentada do vestibular. Disponível em: http://vestibular.uol.com.br/provas-e-correcoes/2016/unesp-2017-confira-a-correcao-comentada/index.htm#versao-1-1-54

Manual do Candidato da Unesp 2017. Disponível em: vunesp.br

2 comentários em “Resolva as questões de Geografia na Unesp 2017”

Deixe uma resposta para Débora Alícia Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s